sábado, 23 de janeiro de 2016

Por que os cosplays de games estão em alta?

sábado, janeiro 23, 2016 0 Comments
Cosplayers da imagem: Tomoko Cosplay e Cosplayers United

Os cosplays de filmes, animes, mangas, HQs, séries e outras mídias são há anos muito utilizados em eventos e sessões de fotos, mas recentemente houve um aumento no número de pessoa que optam por se caracterizar como personagens de jogos. Em eventos de cultura pop é comum ouvir reclamações como "não aguento mais ver tanto cosplay de LoL", ou "o evento é de anime mas quase ninguém faz cosplay de anime". 

Mesmo com o aumento do número de cosplays de jogos, não podemos esquecer que as pessoas continuam fazendo personagens de outras mídias, e enquanto o cosplay existir, acredito que isto não vá parar. Sempre terá alguém com capa da Akatsuki e bandana do Naruto no evento exclusivo de games. A parte legal do cosplay é que cada um tem seu gosto particular, e é isso que a pessoa deve transmitir.

Enumerei a seguir alguns fatores que fizeram a quantidade de cosplays de games crescerem tanto. Todos são fruto da minha opinião, se você não concorda com algo ou deseja complementar, pode comentar e expor o que achar importante.


1 - As pessoas estão jogando mais

Imagina como era comprar um console nos anos 80 e veja como é comprar um hoje. Temos muitas facilidades agora: podemos parcelar em várias vezes no cartão, pesquisar os melhores preços na internet, comprar usados de grupos de venda, variedades de consoles e lojas, enfim, as facilidades são maiores. Antigamente eram feitos até consórcios para comprar equipamentos eletrônicos como video cassetes e televisores. 

A variedade de jogos aumentou com o tempo, agradando diversos estilos. Há jogos de luta, guerra, moda, quebra-cabeças, quebrar bloquinhos de coisas e construir outras coisas... Também temos computadores mais potentes e jogos mais leves, com um computador simples você consegue jogar vários títulos.

Podemos interagir com pessoas de diversos lugares, e esta interação faz você passar mais tempo jogando. Antigamente, precisávamos ter duas pessoas no mesmo local para isso acontecer, e dependia da vontade e disponibilidade de cada uma. Agora se seu amigo não quer jogar, você pode selecionar outra pessoa disponível e iniciar sua partida.


2 - Os gráficos estão melhores

Sou do tipo de pessoa que acredita que história é muito superior ao gráfico, prefiro jogar uma boa história com quadradinhos do que algo ruim em qualidade suprema, mas não deixa de ser verdade que visualizar o personagem com uma qualidade rica em detalhes pode deixar a pessoa com mais vontade de produzir o cosplay.


3 - As empresas de jogos nos apoiam!

Aqui é o tópico mais importante, e acredito que é o que mais incentiva os cosplayers de games. Algumas editoras e produtoras também apoiam os cosplayers de animes, filmes, séries... eu mesma já apareci no manga de Fairy Tail, mas as empresas de jogos fazem isto com maior frequência, vou citar alguns exemplos que conheço:

A Ubisoft sempre está postando o trabalho de cosplayers em sua página, e já realizou concursos de fotos dos mesmos. 

Ubisoft Brasil divulgando o trabalho da cosplayer LadyAngelus

A Hi-Rez Studios sempre está divulgando os cosplayers do jogo Smite em suas redes sociais. Eles também disponibilizam kits com imagens de referências dos personagens do jogo, com todos os ângulos necessários para quem irá produzir o cosplay. No Brasil a Level Up, que gerencia o jogo, frequentemente leva modelos vestindo cosplays para as feiras e eventos que participa, mas já ouvi falar que também abriram espaços para cosplayers.

Parte do Cosplay Kit do Ah Puch - Smite 

A Konami também valoriza quem faz cosplays de jogos da empresa. Ao escrever o artigo lembrei desse maravilhoso cosplay de Ocelot (Metal Gear), que tive o prazer de ver ao vivo, e que foi notado pelo Hideo Kojima (SENPAI, ME NOTA!), game designer da empresa. Existe felicidade maior como cosplayer do que ser notada por quem trabalhou diretamente na produção do jogo que você curte?

Cosplayer: Epic Snow
Epic na página da Konami

A Riot Games, que gerencia o jogo League of Legends, possui o maior suporte aos cosplayers (levando em conta minha opinião e experiência própria), e talvez isto justifique o número elevado de cosplayers de LoL por aí. A empresa sempre está postando fotos dos cosplayers em redes sociais e em seu site, e em 2015 realizou uma coletânea de fotos com várias temáticas para serem divulgadas em uma galeria no site.

No Brasil, a empresa oferece um suporte exclusivo para os cosplayers nos campeonatos de LoL: no início de 2015 na etapa de Florianópolis do CBLoL, quem estava cadastrado podia entrar antecipadamente no evento para ter tempo de se arrumar em um camarim onde foi disponibilizado um kit com produtos para reparos e maquiagem. Havia um local para sessão de fotos, além de um tratamento especial pelos staffs e dos próprios Rioters, não importava se seu cosplay era simples ou elaborado, todos te tratavam com muito respeito e sempre perguntavam se estava tudo bem e se precisávamos de alguma ajuda. Em agosto, na final do CBLoL em São Paulo além de tudo isso, houve um concurso onde foram selecionados 9 cosplayers. Tive a maior sorte do mundo em ser selecionada, e todos nós ganhamos uma experiência única: ganhamos a viagem para o local, conhecemos o escritório da Riot, fomos extremamente bem tratados, tínhamos camarim e suporte total. Todos os 9 ganharam premiação em dinheiro, e os 2 campeões ganharam uma viagem para conhecer o escritório da Riot nos Estados Unidos. (Depois de toda essa experiência, quando vou em qualquer evento que não é oferecido nem água para nós fico até com desânimo). 

Cosplayers no CBLoL de São Paulo - 2015
Foto: Cesar Augusto / Riot Games

Fazer cosplay de personagens de um jogo que você gosta é muito bom, assim como fazer de outras mídias. É importante entender o motivo de ter uma aumento no número de cosplayers de jogos antes de julgar, e respeitar a escolha de cada um.


terça-feira, 19 de janeiro de 2016

UOL desmerecendo os cosplayers (mais uma vez)

terça-feira, janeiro 19, 2016 0 Comments
Print do UOL Economia, 16h37 do dia 19/01/2016

Erros em portais de comunicação custam caro. Erros que expõe pessoas e seus hobbies sem o menor sentido ferem, e são motivos para revolta. Mais uma vez, o site UOL fez o que tornou-se frequente em suas postagens, e desta vez utilizou uma cosplayer para ilustrar uma "matéria" sobre fantasias baratas de carnaval.

Abrindo o link, percebemos que o que está escrito não possui qualquer referência com a cosplayer utilizada como chamativo, pelo contrário, mostra fotos de outra pessoa fazendo fantasias realmente baratas, como diz o título. O conteúdo é interessante, ensina a fazer fantasias e acessórios para curtir a folia sem gastar muito dinheiro, exatamente como o título propõe.


Print do site Uol - 19/01/2016

Entretanto, qual o sentido de utilizar uma foto para a matéria no site de Economia, sendo que o texto não faz qualquer referência a ela?

Desmerecer uma pessoa que gastou seu tempo e dinheiro fazendo seu cosplay - que é mais que uma fantasia - não é algo que um portal sério deveria fazer, ainda mais se tratando de uma foto feita em um evento que não possui o mínimo de relação com o Carnaval. 

Enquanto eescrevia este post, o UOL substituiu a imagem. Com certeza a revolta imediata surtiu efeito.

Print do UOL Economia - 16h55 do dia 19/01/2016

sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

Cosplay - Harajuku Neith / Kawaii [ANDAMENTO]

sexta-feira, janeiro 08, 2016 0 Comments
Há tempos quero fazer um cosplay de Smite, mas por causa de uns problemas na minha internet depois que migrei para o server BR e falta de tempo, parei de jogar em 2015, mas este ano resolvi voltar a jogar e lembrei o quanto amo jogar com a Neith <3

Meu plano inicial era fazer a Serqet, mas eis que surge uma aparência nova para a Neith, a Neith Kawaii! (que depois virou Harajuku)

Arte oficial da Neith Kawaii
Não tive como resistir. Eu tinha vontade de fazer cosplay da Neith, mas as roupas que ela usa não combinam com meu corpo. Pensei até em fazer a Srta. Diagnóstico depois da Serqet, mas agora essa aparência nova fez minha vontade de fazer qualquer outro cosplay cair.

Arte conceitual da Neith Kawaii.
O Karulox explica cada detalhezinho aí,
assim não corro o risco de errar nada :D
Vou seguir a arte oficial, e alguns detalhes da conceitual. Preferi não seguir o modelo in game, pois a arte me agradou mais.

Vamos lá!


Planos - Neith Kawaii

  • Arco: precisa abrir e fechar, igual ela faz quando vai para a base. Como fazer isto? Não sei. Base em PVC coberta de EVA, já tenho os materiais. Custo estimado: R$ 20,00;
  • Vestido/acessórios de pano: Diversos tecidos e babados, principalmente sarja e tricoline. A maioria deles já tenho, sobraram de outros cosplays. Vou comprando o que precisa conforme a necessidade. Custo estimado: R$ 50,00;
  • Meias: Irei costurar com malha (a parte do coelhinho será complicada). Preciso encontrar a malha na cor certa, que combine com os tecidos que já tenho (difícil). Custo estimado: R$ 40,00 (malha boa é cara);
  • Sapato: vou ver se ainda tenho uma sapatilha que posso pintar;
  • Peruca: Vou estilizar uma que já tenho, e fazer as mechas frontais com a ponta azul com pedaços de outra;
  • Acessórios: Enfeitezinhos de biscuit, miçangas, EVA. Já tenho os materiais. Custo estimado: R$ 15,00;
  • Vamos jogar uns R$ 50,00 em tinta e cola (apesar de eu já ter a maioria que sobrou de outros cosplays), fio, ou outra coisa emergencial.

Valor total estimado: R$ 175,00.

A seguir vou postando o andamento do cosplay, e confirmando se consigo realizá-lo com o valor estimado.


Iniciando

Primeiras comprinhas, vamos lá!

  • A peruca que eu tinha não ficou boa, resolvi comprar uma nova. Comprei a pronta entrega porque quero terminar logo, então custou R$ 80,00 com frete (acho que isso vai acabar com o orçamento);
  • O tamagotchi (bichinho virtual) que ela usa custou R$ 9,00 + R$ 8,00 de frete;
  • Encontrei as malhas para as meias do jeito que eu queria, custou R$ 30,00 por 2 metros.
  • Gastei cerca de R$ 40,00 reais no armarinho com as fitas de cetim, viés e fios.

Tenho aqui uma prévia bem ruim do vestido, quando terminar de acrescentar os detalhes posto uma melhor. Costurei com os panos que já tinha de sobras de outros cosplays.



Mais uma atualização, agora um compilado.

Comecei todos os detalhes, incrementei o vestido, acrescentei babados... O que saiu mais caro do que esperava foram as miçangas que vão ao lado da saia, as que eu tinha em casa não eram das cores exatas, o total de R$ 35,00 só em bolinhas.

Iniciei a base do arco, feita com PVC e EVA. Fiz o corte na peruca e tentei pintar as pontas de azul (vou ter que pintar mais uma vez para a cor pegar, não ficou muito boa).



As próxima etapa foi a de acrescentar os detalhes em tudo para poder finalizar.
Fiz os detalhes com miçanga, biscuit, pintei o que foi necessário... e tudo ficou pronto :)

Foi bem legal porque tive um retorno bem positivo do público que joga Smite, a Level Up até postou a foto na página BR do Smite :D


A próxima etapa será utilizar o cosplay em um evento (e terminar o sapatinho, pois não pude colar os detalhes no dia da foto porque a tinta ainda estava fresca). 

terça-feira, 5 de janeiro de 2016

[EVENTO] Piquenique Solidário de LoL

terça-feira, janeiro 05, 2016 0 Comments

No próximo domingo, dia 10 de janeiro, será realizado em Curitiba o Piquenique Solidário de League of Legends. O evento é aberto à todos, jogadores e principalmente cosplayers.

Haverá um desfile de cosplay (com premiação) e outras atividades como LoL Quiz, Mímica dos Champs e a arrecadação de doações  de brinquedos e alimentos infantis, como leite em pó, Sustagem e Nan  para o Hospital Erasto Gaertner. E claro, haverá um grande piquenique!


SERVIÇO 

Piquenique Solidário de League of Legends
Evento no Facebook | Evento no site League of Legends
Data: 10/01/2016
Horário: 14 horas
Local: Jardim Botânico - R. Engo. Ostoja Roguski, s/n. Curitiba - PR



[Tutorial] Barril do Gragas - LoL

terça-feira, janeiro 05, 2016 0 Comments
Hoje trago dois vídeos explicando como montar e pintar o barril do Gragas, de League of Legends.

O barril é feito em EVA, além disso foi utilizado cola de contato, cola quente, cola PVA, biscuit e tinta acrílica.


Parte 1 - base





Parte 2 - pintura


[NEWS] Patreon no meio cosplay

terça-feira, janeiro 05, 2016 0 Comments
Há algum tempo passamos por uma grande polêmica no Brasil envolvendo cosplayers e as famosas "vaquinhas", que é um meio de conseguir dinheiro para continuar mantendo seu hobby a partir de doações. A prática já era famosa em outros países, mas por aqui a opinião da maioria do público foi bem desfavorável a quem iniciou a divulgação das campanhas. Muitas pessoas acabaram desistindo das "vaquinhas" e optaram por outros meios de coletar fundos.

Um método que já é utilizado há muito tempo com youtubers, ilustradores e outros artistas foi adotado no meio cosplay. O Patreon é um sistema de crowdfunding onde quem apoia seu artista vira o patrono dele, ou seja, faz uma doação que pode até ser mensal de certa quantia. O sistema do Patreon acaba sendo menos polêmico que as "vaquinhas" pois os patronos do cosplayer recebem uma recompensa pela doação, e assim o cosplayer terá mais recursos para continuar produzindo. O meio de funcionamento do site é favorável para quem paga e quem recebe, além disso, é possível escolher entre diversas opções de pagamentos e recompensas, que são disponibilizadas em uma lista por cada artista.

As recompensas podem sers acesso à fotos inéditas para quem doa U$ 1 e até  livros, acesso a tutoriais exclusivos e pôsteres para quem doa U$ 20 ou mais. Vale a pena pesquisar as páginas de alguns cosplayers e prop makers, quem sabe você não se interessa em ser patrono de um deles ou em iniciar sua própria campanha no site?

Exemplo de recompensas oferecidas pela cosplayer Maridah

Muitos cosplayers estão evitando usar o Patreon com o medo de não receber doações e perder a motivação para criar e também sofrer retaliações, da mesma forma que ocorreu com as "vaquinhas". Também foram encontradas pessoas que não usam pois se sentirão obrigadas a produzir caso estejam sendo financiadas, o que pode desmotivar a pessoa a criar o que realmente deseja. Entretanto, alguns casos deram certo, como a cosplayer Maridah (imagem acima), que recebe cerca de U$ 550,00 por mês com o site.

E você, usaria o Patreon para financiar seus projetos? O que acha do sistema?

segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

Atualizações

segunda-feira, janeiro 04, 2016 0 Comments
O blog está passando por atualizações, por este motivo o layout está bagunçado.

Irei arrumar os problemas em breve farei um post informando as novidades aqui ;)